Sanofi

Perguntas frequentes

Buscopan® é um medicamento antiespasmódico que alivia a dor e o desconforto abdominal causados por espasmos no estômago e intestino (moderados e passageiros).

Buscopan® oferece um alívio direcionado do desconforto abdominal e dos espasmos . Atua directamente nos músculos dos intestinos para aliviar a dor e os espasmos que causam o desconforto. Buscopan® trata a causa do seu desconforto e dos espasmos e resolve eficazmente o problema, em vez de simplesmente o mascarar a dor.

Para pessoas que sofrem de desconforto e dor abdominal devidos a espasmos (moderados e passageiros), no estômago e intestino e dor menstrual, Buscopan® Compositum N é especialista na dor abdominal. Buscopan® Compositum N combina Butilescopolamina, um antiespasmódico, e Paracetamol, um dos analgésicos melhor conhecidos e com eficácia comprovada a nível mundial.

Buscopan® Compositum N proporciona um alívio rápido e eficaz devido à sua ação dupla: elimina efetivamente a causa da dor porque tem um efeito relaxante do músculo, atuando apenas onde a dor ocorre, no abdómen. O analgésico inibe a acção das subtância que provocam a dor.

Buscopan® e Buscopan® Compositum N contêm ambos o ingrediente ativo Butilescopolamina, um antiespasmódico concebido para aliviar os espasmos abdominais do trato gastrointestinal (moderados e passageiros). A Butiescopolamina atua apenas onde a dor e os espamos ocorrem - no abdómen. O Buscopan® Compositum N, adicionalmente à Butilescopolamina, também contém Paracetamol, um analgésico bem conhecido e com eficácia comprovada, que confere ação dupla. Buscopan® Compositum N elimina eficazmente a causa de dor abdominal aguda e espasmos (relaxando os músculos abdominais) e tem um efeito rápido de atuação no bloqueio da dor.

Buscopan® atua apenas onde a dor associada aos espasmos ocorre - no abdómen. Muitos analgésicos atuam reduzindo a sensação de dor através do bloqueio dos sinais da dor, mascarando-a. Buscopan® atua apenas onde a dor ocorre e trata a causa da dor. Buscopan® tem um perfil de segurança muito favorável, os efeitos secundários são maioritariamente de natureza moderada e limitada.

Não é recomendado. Um aumento da dose recomendada em geral não irá acelerar o efeito e pode até ter efeitos negativos. A dose que é indicada no Folheto Informativo do medicamento ou que foi recomendada pelo seu médico ou farmacêutico é melhor para o tipo e intensidade de dor que apresenta.

Buscopan® ou Buscopan® Compositum N não deve ser administrado diariamente de uma forma contínua ou por longos períodos sem que sejam investigadas as causas da dor abdominal. Se não se sentir melhor ou se piorar após 3 dias, tem de consultar um médico.

A dose habitual de Buscopan®, para adultos e crianças com mais de 6 anos, é: 1 a 2 comprimidos (10 a 20 mg), 3 a 5 vezes por dia.
Em situações específicas, a posologia acima indicada pode ser alterada, mas apenas por indicação do seu médico.
A dose habitual de Buscopan® Compositum N para adultos e crianças com mais de 10 anos é: 1 a 2 comprimidos, 3 vezes por dia. Consulte o seu médico antes da administração de Buscopan ou Buscopan Compositum N a crianças.
Os comprimidos revestidos devem ser deglutidos inteiros (sem mastigar ou partir) juntamente com líquido.

Tal como com todos os medicamentos, deve aconselhar-se junto do seu médico se estiver grávida, a tentar engravidar, a amamentar ou em vias iniciar a amamentação no decorrer da medicação. Como medida de precaução, é preferível evitar o uso de Buscopan® durante a gravidez e amamentação.

Causas comuns de dor abdominal incluem:

  • • Sensibilidade a certos alimentos que despoletam dores de estômago, como alimentos gordurosos, picantes ou muito temperados, cafeína, álcool e frutos citrinos.
  • • Um estilo de vida agitado, saltar refeições, comer à pressa e as ansiedades que podem causar nervosismo.
  • • Uma mudança na rotina diária normal, por exemplo durante viagens, que pode desequilibrar o seu sistema digestivo.

Dado o grande número de órgãos nesta parte do corpo, os sintomas podem obviamente ser causados por um grande número de fatores.

No caso a dor abdominal intensa e inexplicada que persista ou piore, ou ocorra simultaneamente com sintomas como febre, náusea, vómitos, alterações nos movimentos intestinais, sensibilidade abdominal, redução da pressão arterial, desmaio ou sangue nas fezes, deve ser procurado aconselhamento médico imediatamente.

Adicionalmente à dor adominal e espasmos, os doentes com SCI sofrem frequentemente de sintomas de diarreia e/ou prisão de ventre e/ou flatulência.

O SCI pode afetar pessoas de todas as idades, no entanto, os sintomas normalmente tornam-se menos intensos com a idade. A razão para isto não é totalmente compreendida, mas levar um estilo de vida menos agitado e aprender a evitar factores desencadeantes, pode ajudar a reduzir os sintomas.

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para proporcionar-lhe um acesso melhor e personalizado ao site, bem como mostrar-lhe publicidade relacionada com as suas preferências de navegação. Ao clicar em “aceito” está a consentir o uso de cookies.

Carregue aqui para saber mais OK